Por que você deveria elaborar um Plano de Negócios para sua fazenda (e como fazer isso)

Tempo de leitura: 3 minutos

Se você é pecuarista, ou está pensando em se tornar um, já deve ter ideia de que a atividade exige muito trabalho, dedicação e grande investimento inicial.

Além disso, como para qualquer atividade da vida, exige muito planejamento e organização.

É preciso enxergar que a fazenda é uma empresa e o produtor é um grande empresário!

E, assim como todo empreendimento que visa o lucro, um possível prejuízo também pode vir a ocorrer se alguns riscos não forem evitados.

Mas o que posso fazer para que minha fazenda seja lucrativa e possua um controle de riscos, para que sejam diminuídos ou evitados?

Planejando a gestão da fazenda

Para isso, elaborar um plano de negócios pode ser uma alternativa simples e viável para que o produtor obtenha uma melhor organização e controle sobre sua produção.

O que é um plano de negócios e para que serve?

Optar por elaborar um plano de negócios para iniciar a gestão da fazenda pode auxiliá-lo como forma de um “guia” para planejar o seu empreendimento, e ainda ajudá-lo a definir os objetivos e metas do seu negócio e como concretizá-los com o mínimo de risco possível.

O plano de negócios também é um instrumento essencial para realizar análises de mercado, pois com ele é possível obter informações detalhadas da sua área de atuação, produtos e serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, pontos fortes e fracos do negócio, o que contribui para a identificação da viabilidade e da gestão da fazenda.

Fonte: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae

O que eu preciso para iniciar um plano de negócios?

Em primeiro lugar, é necessário estabelecer como será o seu negócio. Para isso, alguns passos devem ser seguidos:

  • Definir do que se trata o negócio;
  • Qual o produto/serviço você está oferecendo;
  • Quem são seus possíveis clientes;
  • Onde está localizado o negócio;
  • Qual será o capital investido;
  • Qual será o faturamento mensal desejado;
  • Qual lucro você espera obter com o negócio;
  • Quanto tempo você pretende ter o retorno do capital investido.​

Após definir muito bem qual o tipo de negócio, o caminho para o sucesso está em na elaboração de mais algumas etapas:

  1. Analisar o mercado – conhecer seus clientes, fornecedores e concorrentes, bem como definir qual será o público alvo que pretende atingir.
  2. Conhecer o que você está oferecendo e saber valor que ele carrega Além de permitir que você tome decisões bastante específicas sobre o seu negócio, conhecer o que se está ofertando ajuda os outros a compra-lo!
  3. Ter um plano o operacional – planejar a sua capacidade de produção, ou seja, o quanto eu consigo fornecer em um determinado período de tempo, além de organizar e qualificar a mão-de-obra disponível.
  4. Planejamento financeiro – Importante para saber o quanto investir para obter bons resultados, visando a lucratividade. É importante ter estimativas de custos iniciais, despesas e receitas, capital de giro e fluxo de caixa e de lucros.
  5. Avaliar o plano e colocá-lo em prática – Agora é só você verificar se os objetivos traçados se encaixam com a sua realidade e começar a mudar de vez a maneira como você gere sua fazenda!

E se a elaboração de um plano de negócios pareceu trabalhosa para você, não se assuste!

Atualmente, ele só se modernizou e ganhou contornos mais práticos e fáceis.

Hoje em dia, os melhores planos de negócios são ferramentas, como as que conseguem mostrar bons prognósticos de resultado em um curto período de tempo. Assim, otimizando os controles sem perder a eficiência.

Contudo, grande parte das propriedades rurais não possuem um planejamento formal a longo prazo, que seja estratégico e objetivo, capaz de definir os rumos e a orientação do negócio para os próximos anos.

O que diferencia os bem-sucedidos na atividade pecuária atual é, principalmente, uma boa gestão e a implemento de tecnologias.

Seja diferenciado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *