Como a tecnologia pode me ajudar no manejo do meu rebanho?

Tempo de leitura: 6 minutos

Há alguns anos atrás o uso de tecnologias nas fazendas era restrito apenas a coleta de dados para se poder fazer relatórios, analises, comparações com períodos de produção passados, e no máximo alguma projeções de metas futuras.

Tudo era muito restrito a planilhas e a sistemas que custavam caro demais, inviável para um pequeno ou médio pecuarista. Mas atualmente usar apenas planilhas como tecnologia para a sua fazenda é algo ultrapassado, pois as possibilidades de uso estão muito além disso.

Temos estudos em conjunto de técnicas, programas, softwares, aplicativos totalmente automatizados e interligados trabalhando juntos para facilitar a vida dos produtores, seja no manejo, no controle de despesas , no controle de estoque, ou de forma a facilitar a organização das atividades com o seu time operacional da propriedade.

Neste post vamos mostrar para você algumas dessas tecnologias, que invadiram o campo para facilitar a vida do produtor:

 

JetBov

Sistema de gestão que facilita a gestão da propriedade e o manejo dos animais por completo, com pesagens, com mudanças de lotes, registros de morte de animais, controle sanitário, registro de atividades, planilhas e relatórios, projeção de venda com o preço da @, controle de estoque, entre outras diversas funções que facilitam a vida do produtor e descomplica a vida da equipe operacional da propriedade, fazendo com que a propriedade cresça e evolua de forma mais descomplicada.

Você pode inclusive testar gratuitamente o JetBov aqui.

Drones

Os drones atualmente facilitam muito a vida dos produtores que os utilizam, de várias formas, como por exemplo: realizando monitoramento de animais ou de fertilidade de pastos por meio de imagens, trocar animais de pastos, realizar pulverização, fiscalização da propriedade e várias outras utilidades que podem ser realizadas sem se levantar do seu lugar de conforto.

Brinco e Chip eletrônico

Identificadores eletrônicos de ultra tecnologia que facilita a identificação, manejo e monitoramento dos seus animais 24h por dia, possuem o poder de reduzir o tempo de uma pesagem, por exemplo, pra um terço do normal, por ter a capacidade de trabalhar aliado a um sensor que realiza a leitura, identificando o animal e junto com a balança que faz a pesagem e registra o peso do animal já identificado pelo brinco eletrônico, automatizando o processo de coleta de dados.

Balança eletrônica

Fonte: Compre Rural

Realiza a automatização da coleta dos dados de cada animal podendo estar aliada com vários sensores que possuem a finalidade de descomplicar a vida do produtor e agilizar o manejo, tornando menos estressante ao animal e com isso fazendo que esse animal não perda peso  por conta de estresse durante os manejos, além de realizar uma coleta de dados mais precisa e muito mais rápida.

Estações agrometeorológicas

Estações instaladas na propriedade que são equipadas com sensores capazes de recolher dados meteorológicos e registrá-los tornando-os disponíveis para os produtores utilizarem para tomadas de decisões, como de irrigação, aplicação de produtos, e varias outras decisões que podem ser embasadas em dados climáticos.

Melhoramento genético

Um dos fatores de maior importância no crescimento da pecuária, seja ela de corte ou de leite, selecionando os melhores animais e cruzando eles, obtendo filhos ainda melhores nas características desejadas no meio de seu rebanho, tendo um crescimento melhor se aliada a  técnicas como, inseminação artificial, as vacas chamadas barrigas de aluguel para gerar os filhos das vacas de melhor genética, sem provocar esse estresse nessas vacas entre outras técnicas.

Manejo de pastagens

Mesmo não sendo uma tecnologia que podemos pegar, algo material, é sim uma tecnologia, devido aos vários estudos e experimentos por traz dela, e com o domínio dessa tecnologia o produtor tem o poder de utilizar seu pasto de forma muito mais racional podendo triplicar, quadruplicar… o numero de animais dentro de suas pastagens, seja utilizando pastejo rotativo, seja piqueteando o pasto… ou utilizando qualquer outro tipo de técnica que tenha a função de realizar a melhor colheita de seu pasto, não perdendo capim e não permitindo que seu pasto perca valor nutritivo ou perca área de cobertura forrageira, e ainda existem aplicativos que trabalham isso juntamente com satélites ou drones afim de facilitar tudo isso para o produtor.

 

Análise de solo e Adubação

Realizar analises rotineiras de fertilidade de solo e corrigi-lo com adubação de precisão te ajuda a manter seu pasto sempre produzindo o seu máximo potencial, e com o melhor valor nutricional que ele é capaz, podendo assim influenciar no ganho de peso do seu rebanho e podendo fazer pequenas áreas comportar uma quantidade muito maior de animais que comportaria sem adubação, podendo chegar próximo de 6x mais animais que suportaria sem o uso de adubos e corretivos, sem mencionar que essas duas tecnologias aliadas prolongam muito a vida útil de seu pasto, e também há a possibilidade de ser usada com a ajuda de aplicativos ou programas que também trabalham aliadas a imagens de drones ou satélites que auxiliam o produtor a melhor hora de adubar o seu pasto e realizar analises.

 

Cochos eletrônicos

Fonte: Dalízia Aguiar/Embrapa

Cochos que possuem balanças acopladas embaixo e que trabalham aliadas a computadores e sensores, que identificam o animal que está se alimentando por meio de brincos eletrônicos.

Eles registram o animal que está começando a se alimentar, o peso do cocho na hora que ele se aproximou para comer, e o peso do cocho a hora que ele se afastou, faz a diferença desse valor e registra em planilhas – ou em seu sistema de gestão, se ele tiver essa opção – o tanto que esse animal se alimentou, e assim é possível saber o quanto cada animal está se alimentando, qual a média de consumo do rebanho, e também saber se deve realizar trocas de animais de lotes se tiver animais se alimentando a baixo da média, assim o produtor tem um maior controle nutricional do seu rebanho, e até mesmo podendo selecionar animais que comem menos e ganham mais peso, para cruzamento visando melhoramento genético.

Podem ser utilizadas também balanças de pesagem junto com o cocho, que realiza a pesagem diária de cada animal toda vez que ele for se alimentar e registra em uma planilha através de computadores e sensores que realizam o reconhecimento do animal pelo brinco eletrônico.

Essas são apenas algumas das muitas tecnologias que existem e que estão surgindo para auxiliar os produtores no manejo ou na gestão de sua propriedade, seja tornando mais fácil o reconhecimento de animais destaque no rebanho, ou auxiliando o produtor a hora de troca da nutrição fornecida, sem falar também na facilidade que trás para seu time operacional na hora de realizar diversos tipos de manejos necessários na propriedade seja no pasto ou seja no rebanho.

E você, também acredita na evolução da pecuária brasileira para um nível mais tecnológico? Já utiliza algumas dessas técnicas na sua propriedade? Se não, o que está esperando para começar a utilizar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *