Como fazer o controle do estoque de sua propriedade?

Tempo de leitura: 5 minutos

Buscando atender uma população mundial, que hoje ultrapassa os 7 bilhões de indivíduos, a agricultura e a pecuária brasileiras tiveram que deixar de ser atividades extensivas e passaram a ser intensivas.

A produção de carne foi um dos setores mais destacados, o país evoluiu de 150,38 milhões de cabeças de bovinos no ano de 2000 para mais de 213,5 milhões em 2019.

Como o Brasil chegou neste patamar?

O que permitiu que o Brasil chegasse nesse patamar com a pecuária de corte, foi a melhoria da qualidade dos rebanhos (melhoramento genético), formulação de dietas eficazes, melhoria na sanidade animal e manejo, dentre outros.

Mas com certeza, uma mudança que nem todos veem, mas sabem, é que a fazenda deixou de ser uma simples propriedade rural e tornou-se uma empresa. Como toda empresa a mesma necessita de controle administrativo, e se pretendem continuar prosperando um dos principais itens a serem implantados é o controle de estoque.

O que toda pessoa responsável pelo controle de estoque deve ter em sua mente é: se a fazenda comprou um determinado produto, este produto é dinheiro! A compreensão disso pode fazer toda a diferença na hora de ter resultados positivos.

 

Como fazer o controle de estoque de uma fazenda de gado de corte?

O controle do estoque rural inicia-se com um levantamento do que já existe na fazenda, ou seja, anotar cada produto juntamente com as condições, local de armazenamento e validade se houver, equipamentos e insumos que há nas instalações.

É importante que a coleta de dados seja padronizada, assim, será mais fácil de conferir as informações sobre determinado item na hora da compra, evitando a falta quando for necessário utilizar o produto.

Não há uma receita. Cada produtor escolhe a melhor forma para o dia a dia na propriedade. Podem ser usados planilhas impressas, planilhas online ou até mesmo plataformas/aplicativos que facilitam o registro de cada produto. O que realmente é necessário é que as informações sejam atualizadas e de fácil visualização para o produtor e/ou responsável.

Depois de feito o inventário, deve-se verificar se cada produto está no local adequado de armazenamento, pois pode ser que seja perecível ou contenha alguma restrição (ambiente aberto, fechado, refrigerado, aquecido, arejado, etc) isso pode acarretar a perda do mesmo, ou seja perda de capital.

Decidir quem é o responsável pelo estoque é crucial para o sucesso dessa operação. Ele deve ser o primeiro a chegar no local de trabalho (pois é ele quem confere se a quantidade está compatível com a deixada no dia anterior) e o último a sair ( pois deve anotar e verificar o que foi utilizado, por quem e a quantidade), evitando assim o mínimo de perdas e/ou furtos.

 

Quais são as formas de controlar o estoque?

– Planilhas

É um modo muito utilizado, principalmente através de planilhas prontas que facilmente são encontrados na internet. Entretanto, ao serem alteradas devido ao fato de não estarem disponíveis em uma plataforma online, necessita que esteja utilizando sempre o mesmo computador e/ou salvar em pastas na nuvem (Internet), o que se mostra muito mais trabalhoso na prática.

Planilha para controle de estoque

Fonte: www.cursosdeexcelonline.com.br

– Manualmente (Livro de Registros)

É uma maneira antiga, mas que até os dias de hoje é muito utilizada por não demandar energia e internet, o que muitas vezes é comum em regiões mais inóspitas do país. Entretanto possui o risco de o livro de estoque ser perdido, sujar, rasgar, etc.

Caderno de registro

Fonte: www.cordis.com.br

– Plataformas digitais

As plataformas online são o que há de mais atualizado no processo de controle de estoque rural. Como exemplo, o JetBov, existe a possibilidade de criar nela diferentes estoques (medicamentos, insumos, rações, etc), o mais interessante é que quando há um manejo de vacinação por exemplo, o produtor ou o responsável seleciona a quantidade utilizada para cada animal e o próprio software realizará a baixa automaticamente no estoque, facilitando o trabalho e minimizando os erros causados por falhas humanas.

Plataforma para pecuária de corte

Fonte: print da tela de Controle de Estoque do JetBov

 

Gestão financeira e Controle de estoque andam de mãos dadas!

Com a flutuação da economia cada vez mais perceptível, o produtor possui mais dificuldade para se manter no mercado e prosperar financeiramente.

Por isso, a adoção de algumas técnicas e estratégias no controle de estoque são cruciais para o seu sucesso. Uma delas é sempre utilizar os primeiros produtos que entraram em estoque pois, se for utilizar o que entraram por último, o custo de sua produção ficará mais caro. Por que?

Porque, a cada dia, mês ou ano, o produto fica mais caro, devido principalmente à taxa de inflação do país, neste caso se for utilizado o produto comprado mais recente o custo de produção de determinada coisa, seja ração, plantação ou medicamento para os animais ficará mais cara. Isso pode influenciar quando o produtor for colher os frutos do seu investimento lá no final.

 

Conclusão

O estoque rural é imprescindível em uma fazenda de pecuária de corte que busca a estabilidade de suas contas e o sucesso financeiro. Muitas vezes, o produtor faz tudo de forma perfeita: planta na época certa, compra animais por um preço bom, tem o menor número de perdas de animais possível, etc. Entretanto, quando vai fechar as contas, o saldo é negativo, as vezes, por comprar produtos que talvez já tinham em seu estoque, pela perda de itens por conta de validade ou até furtos em sua fazenda (pode ser até coisas pequenas e de pequeno valor, mas que são levadas diariamente por exemplo, resultando em um valor alto no final do mês).

Concluindo, há diversas formas de fazer o controle de estoque de uma fazenda, auxiliando no fechamento financeiro, na compra de mercadorias que faltam na propriedade, em saber onde tal produto se encontra… O importante é adequar-se a uma maneira de fazer esta gestão e seguir fielmente os passos para o bom funcionamento do controle de estoque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *