Investir em bezerro ou boi magro: qual a melhor estratégia de negócio?

Tempo de leitura: 11 minutos

Comum a toda e qualquer fazenda de pecuária de corte, a compra de novos animais como bezerro e boi magro, está sempre presente, em algum momento, na estratégia do pecuarista. Todavia, essa tomada de decisão para aumentar o rebanho precisa ser muito bem pensada, de fato com um planejamento assertivo, inclusive financeiro. Pois o pecuarista empreendedor, que foca na produtividade e lucratividade do seu negócio de bovinocultura de corte, não pode dar espaço para ações movidas apenas por achismo dentro da fazenda.

Neste sentido, uma dúvida recorrente entre muitos empreendedores do mercado de produção de gado de corte é sobre a compra de bezerro ou a aquisição de boi magro. Muitos se perguntam sobre qual a melhor estratégia dentre essas duas. Qual seria a mais rentável? Como adotar cada uma delas? Qual tem o melhor custo-benefício?

E para identificar qual das duas compensaria mais para a sua fazenda, alguns aspectos precisam ser avaliados e levados em consideração. 

O momento ideal para a compra de bezerro ou de boi magro

Investir em bezerro ou boi magro: qual a melhor estratégia de negócio?Pensando na lucratividade do negócio de pecuária de corte, o primeiro e mais importante aspecto quando se pensa em adquirir o bezerro ou boi magro é o período de mercado, que você está planejando ampliar o seu rebanho, a partir da compra de novos animais.

A relevância deste aspecto a ser avaliado é decorrente do movimento econômico do mercado. É preciso avaliar estrategicamente se a época em que a propriedade está se programando para investir em novos animais, é mais propícia para a compra do bezerro ou do boi magro.

O ideal é a fazenda avaliar qual dos dois tipos de animais estará com valor mais atrativo no período em que se pretende a compra de novos animais. Avaliar, portanto, o valor do boi magro por cabeça, bem como o valor da aquisição do bezerro. Mas não apenas, observar também o custo dos insumos e manejos adotados para cada uma das fases.

Em síntese, é colocar tudo isso no planejamento de gestão da fazenda e efetuar os cálculos. E incluindo nesta conta, também a estrutura da sua propriedade. Afinal, é fundamental avaliar se a fazenda está mais preparada para receber bezerro ou boi magro. Pois ela pode precisar de algum tipo de adaptação para receber animais em uma dessas duas fases.

Engorda antes da seca, com foco nas épocas de consumo elevado de carne

Quando investir na compra de bezerro ou de boi magroNo caso da compra de boi magro, além de atenção ao valor da arroba regional e nacional, outro fator a nortear o pecuarista sobre se o momento é propício para a compra do animal para engorda, diz respeito ao período em que ele pretende ter esse animal pronto para a venda. E a época ideal para essa comercialização se dá em tempos de consumo alto de carne bovina.

Se antecipar para que o boi esteja pronto para venda nos períodos que antecedem, por exemplo, as festas de fim de ano, festas juninas e Copa do Mundo etc. Épocas essas em que geralmente o consumo de carne atinge nível elevado, é uma boa dica para o pecuarista que busca entender sobre o momento ideal para a compra do boi magro para engorda.

Por fim, igualmente importante é ter atenção aos períodos de estiagem. Ficar de olho nas previsões climáticas, para que a engorda do animal seja feita bem antes da época de seca. Afinal, o ideal é suprir este animal, que precisa de muito alimento de qualidade, o máximo possível com o pasto, para evitar aumento do custo tendo que comprar muito suplemento.

Assim, o bom é que quando o período de estiagem chegue, o animal já tenha superado o período de engorda. Se possível, que já tenha até mesmo sido vendido pela fazenda.

Bom manejo da pastagem da fazenda é fundamental para bezerro e boi magro

Pastejo rotacionado é essencial para alimentar bezerro e boi magroSeja para a engorda do boi magro ou até mesmo para a alimentação do bezerro no futuro, o manejo das forragens é importante, pois uma das principais exigências do animal ele encontra nela, a fibra necessária para o desenvolvimento do seu sistema digestório.

Para que não haja perda da pastagem, o ideal é dividir o pasto em piquetes, isto é, adotar o pastejo rotacionado, para que enquanto um piquete se recupera para receber novamente os animais, estes estejam se alimentando em outro piquete. Dessa forma o animal não fica sem se alimentar, nem o pasto sofre com pisoteamento ou de falta de tempo para se recuperar.

Além disso, fazer a manutenção do pasto é outro aspecto fundamental, pois ali está a garantia da alimentação do seu rebanho. Fazer adubação e análises de solo, para que o solo esteja em dia com seus nutrientes, irá refletir no crescimento e qualidade da forragem oferecida para o seu gado de corte. Isso, consequentemente, vai trazer uma maior produtividade ao seu rebanho.

Com uma plataforma digital de gestão para a pecuária de corte como a JetBov, é possível manter o controle das áreas de pastagens e módulos de pastejo rotacionado da fazenda de gado de corte.

Pastejo rotacionado melhora alimentação de bezerro e boi magro

Via a plataforma, com a funcionalidade de gerenciamento de áreas e módulos, o mapa da propriedade pode ser inserido e, a partir dele, elaborar os módulos e planejar os dias de descanso e pastejo, a taxa de lotação máxima e ainda, acompanhar qual a taxa de lotação real de cada piquete. Já por meio do aplicativo JetBov de Campo, com a funcionalidade de troca de áreas, de forma totalmente offline, é possível fazer o monitoramento sobre em qual área o lote está e informar os manejos toda vez que realizar a movimentação do rebanho entre os piquetes.

Ao adotar em sua propriedade a técnica do pastejo rotacionado, assim como todos os manejos da fazenda, é preciso gerenciar muito bem para garantir o sucesso. Utilizando a JetBov, é possível aliar as tecnologias de manejo e gerenciamento, tanto das áreas quanto do desempenho de pesagem de cada animal e obter relatórios para a tomada de decisão, visando alcançar as metas do investimento. Dessa forma, você conseguirá não só garantir boa alimentação para a engorda do boi magro ou mesmo a nutrição do bezerro com excelente custo-benefício, mas irá também alcançar esses resultados a tempo de vender o animal no período adequado, garantindo máxima receita para o seu negócio de bovinocultura de corte. 

Compra do bezerro para recria

Compra de bezerro como estratégia produtiva na pecuária de corteAqui, o pecuarista já tem de saber que a fase de recria é a mais longa da bovinocultura de corte, com 1 ano de extensão. E também, que ela tem como desafio adquirir 7 arrobas por animal. A recria parte do desmame do bezerro e segue até o início da etapa de acabamento e terminação do animal. A última fase ocorre quando o bezerro atinge peso vivo de 350 kg.

Por isso, a recria de bezerro exige alimentação e nutrição adequadas para assegurar o ganho de peso esperado, que possibilite o desenvolvimento do animal e a formação de sua estrutura, resultando em boi recriado no menor tempo possível.

Apostar na suplementação é a melhor alternativa estratégica para que os novos animais do seu rebanho alcancem resultados rápidos para o negócio. Sal mineral, sal proteinado e composto virginiamicina são algumas das mais recomendadas opções. 

O manejo sanitário do bezerro é outro aspecto relevante. É fundamental seguir todo o protocolo sanitário recomendado para esta fase. Inclusive, ao optar pela aquisição de bezerro para ampliar o seu rebanho, é importante antes de efetuar a compra, buscar informações confiáveis sobre o histórico do animal e, principalmente, da mãe.

É fundamental avaliar o histórico da matriz desse animal, já que matrizes que emprenham mais cedo, no período da estação de monta, geram bois mais saudáveis e com melhor potencial de qualidade de carcaça futuramente.

Compra de boi magro para engorda

Pastejo rotacionado melhora alimentação de bezerro e boi magroAlém da atenção ao valor da arroba regional e nacional, e preferir a compra prévia ao consumo de carne em alta, no caso da aquisição de boi magro é fundamental observar a qualidade genética. Além de como eram as condições de nutrição do animal, o histórico sanitário, as condições de ambiente em que o gado era criado, se este boi passou por situações de estresse excessivo, e até mesmo as condições do transporte desse animal. É indispensável saber toda a procedência do produtor de origem.

É preciso traçar uma estratégia de compra assertiva. Optar por animais que tenham tido o mínimo de cuidado e manejo básicos, buscando lotes que possuam potencial genético elevado, que apresentem condições de corresponder ao manejo nutricional traçado para alcançar resultados rápidos para o negócio.

Após toda essa avaliação do boi magro e realizada a compra do animal, o passo seguinte é investir na busca por máxima eficiência biológica e alimentar. E aqui é o momento de realizar bem os cálculos, uma vez que o custo dos insumos para a engorda do animal precisa compensar perante a valorização do boi gordo. Afinal, o manejo do boi magro só vale a pena se a engorda for realmente lucrativa para o negócio do pecuarista. Sal proteinado, sal mineral, sal mineral + proteinado, ureia e composto virginiamicina são alguns dos suplementos mais indicados para a fase de engorda.

Como alcançar tomada de decisão estratégica e assertiva com bezerro ou boi magro

JetBov ajuda na gestão estratégica de compra de animais da fazenda Ao fazer o uso correto de uma plataforma de gestão para a pecuária de corte como a JetBov, tanto a estratégia de compra de bezerro, como de boi magro, será muito mais assertiva. Isso porque uma ferramenta de gestão possibilita efetuar todo o registro dos animais, desde a entrada até a saída da fazenda. Isto é, você terá todas as informações pregressas sobre o animal adquirido, disponibilizadas pelo fornecedor do mesmo, inseridas na plataforma juntamente com todos os dados do manejo que será executado na sua fazenda com o animal.

Adotando a JetBov na sua fazenda, será possível efetuar, por exemplo, o controle das entradas e compras na propriedade; também o acompanhamento da variação de peso da fazenda com indicadores de ganhos de @/ha; visão estratégica da categoria dos animais, sabendo quais são as categorias dentro da fazenda; inventário atualizado para uma boa tomada decisão de venda; visão estratégica sobre a origem dos animais comprados aliado ao desempenho (gmd), entre outros controles fundamentais, tanto para o manejo de bezerros como de boi magro. E, no caso da compra de bezerros, a ferramenta permite também comparar quais são os melhores fornecedores de bezerros, que oferecem os melhores animais para o seu sistema produtivo.

Aquisições – Controle das entradas e compras na propriedade com a JetBov:

Controle das entradas e compras na propriedade com a JetBov

A JetBov possibilita um acompanhamento minucioso da evolução dos animais da sua propriedade, viabilizando você a enxergar quais animais evoluíram mais rápido e, consequentemente, que possuem uma melhor genética e qualidade. Isso ajudará na tomada de decisões sempre que for realizar uma nova compra. Haja vista que você estará muito bem-informado sobre quais animais e de quais fornecedores compensa mais efetuar uma nova compra. Bem como qual o manejo certo para aplicar aos novos animais que chegarem na propriedade.

Desempenho de criadores – Visão estratégica com a JetBov sobre a origem dos animais comprados aliado ao desempenho (gmd):

É essencial uma ferramenta para gerenciar o desenvolvimento do bezerro e/ou boi magro

Relatório de Ganhos por mês – Acompanhamento via JetBov da variação de peso da fazenda com indicadores de ganhos de @/ha:

Medir e acompanhar o ganho de peso da fazenda é fundamental

Com a JetBov, você conseguirá visualizar melhor o desenvolvimento dos animais e, consequentemente, do negócio de pecuária de corte como um todo. Uma vez que a JetBov apresenta também os custos dos animais da fazenda, índices de reprodução, controle de estoque, análise dos resultados da propriedade, entre outros controles importantes.

E não apenas, a tecnologia de gestão também vai te auxiliar a tomar a decisão na hora certa de efetuar a venda de cada um dos animais da sua propriedade de bovinocultura de corte, já que ela dispõe de um simulador de compra e venda. A sua fazenda dará um importante passo também neste sentido, tendo a tecnologia como aliada na venda do gado de corte, mostrando quais animais da fazenda estão verdadeiramente prontos para uma boa e lucrativa venda.

Conheça a tecnologia JetBov, fale agora mesmo com um de nossos especialistas e solicite uma demonstração personalizada para a sua fazenda. Aproveite!

1 comentário


  1. Boa apresentação de como seguir pelo caminho certo na pecuária!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.