Perguntas e Respostas Sobre a Febre Aftosa

Tempo de leitura: 5 minutos

Para que o seu rebanho produza com eficiência, é necessário orientar-se quanto ao manejo sanitário, nutricional, reprodutivo, taxa de lotação e também ao bem-estar dos animais. Esses fatores são fundamentais para se obter um produto de qualidade e rentável.

A escrituração zootécnica, ou seja, o controle de dados da sua propriedade, é imprescindível para gerenciar o seu rebanho e garantir o lucro do seu negócio. Ao coletar dados de cada animal de forma individual, fica mais fácil saber os alimentos e a quantidade que o mesmo consome, idade de vacinação, taxas reprodutivas e até mesmo se esse animal é indicado para descarte, evitando que você invista dinheiro em um animal improdutivo. Todos esses aspectos te auxiliam em uma tomada de decisões mais assertiva na sua fazenda.  

O planejamento é facilitado com a plataforma JetBov

Então, se você ainda não tem um sistema que permite o acesso aos dados dos animais de forma automatizada, te convido a conhecer a JetBov. Nossa plataforma de gestão para pecuária de corte pode te auxiliar a evitar impactos financeiros gerados por má gestão ou decisões baseadas em dados imprecisos.

Adotando a JetBov na sua fazenda, todos esses manejos são administrados de forma otimizada e eficiente. Por meio do aplicativo de campo, que funciona offline, a coleta de informações no curral pode ser feita de forma automatizada, facilitando o registro de dados de manejo, o que gera economia de tempo e assegura a precisão das informações.

Através do armazenamento de dados em nuvem, as informações coletadas pelo app são transferidas para a plataforma JetBov, que apresenta ao produtor relatórios e gráficos de indicadores da propriedade, de forma prática e automatizada.

A partir desses dados, é possível planejar um calendário de vacinação, que permite controlar a aplicação das vacinas em cada animal, na idade correta e na época adequada.

Mas o que tudo isso tem a ver com a Febre Aftosa?

Caso o animal não tome as vacinas necessárias, o mesmo fica apto a contrair doenças que podem ser de efeito deletério e até mesmo vir a óbito. Uma das mais contagiosas é a febre aftosa. 

Veja abaixo as principais informações sobre essa enfermidade:

O que é a febre aftosa?

É uma doença altamente contagiosa causada por até sete tipos de vírus, os mais comuns na América do Sul são o tipo A, O e C. Ela afeta bovinos, ovinos, caprinos, suínos, camelídeos, elefantes e ruminantes silvestres.

Qual o meio de transmissão da doença?

A entrada do vírus no corpo do animal suscetível, ocorre pelas mucosas das vias digestivas, quando o mesmo se alimenta de água ou alimentos contaminados. Ou pela via respiratória, quando o animal doente libera gotículas com o vírus, pois o gado infectado elimina o vírus via saliva, fluidos, sêmen, fezes e leite. 

A aftosa é uma doença infecciosa?

Sim. Altamente infecciosa, e por isso as medidas de contenção do vírus são bem rigorosas, devendo ser seguidas à risca, principalmente em relação à vacinação.

Quais os sintomas clínicos no animal?

Os principais são febre alta, babeira, manqueira, perda do apetite, enfraquecimento, descarga nasal e prostração.

O que a febre aftosa causa?

Há a formação de bolhas íntegras ou rompidas, úlceras e cicatrizes na mucosa oral (gengivas, palato e língua), nasal, nas mamas e entre os cascos. 

O vírus é resistente? 

Sim, muito resistente às condições ambientais normais, o qual pode permanecer ativo por longos períodos.

Como inativar o vírus da aftosa?

Rapidamente se inativa o vírus em situações de alto ou baixo pH, luz solar, temperaturas elevadas e até mesmo determinados desinfetantes.

O animal infectado pode ter contato com os outros?

De forma alguma. Ao identificar um animal doente, você deverá isolar este animal infectado dos demais que estão saudáveis.

O que fazer ao diagnosticar um animal com febre aftosa?

Ao identificar que o animal realmente esteja doente, você deverá isolar o infectado dos demais que estão saudáveis. Além do mais, é obrigatório imediatamente comunicar ao serviço veterinário oficial mais próximo.

Há muitos casos da doença no Brasil?

Pode-se dizer que o Brasil está praticamente livre da febre aftosa. Com a vacinação obrigatória desde 2018, estamos progredindo para o nível livre de febre aftosa sem vacinação.

A febre aftosa é altamente mortal?

Não. Essa doença é altamente contagiosa, mas não apresenta alta mortalidade.

É mais suscetível em animais jovens ou velhos? 

A Febre Aftosa acomete animais mais jovens.

Há tratamento para a doença?

Não. É importante esperar e observar a recuperação natural do animal entre duas e três semanas. Os animais não morrem, porém ficam muito debilitados.

Os animais que contraíram o vírus não podem retornar para produção?

Não. Todos os animais com febre aftosa devem ser sacrificados, a fim de evitar a disseminação da doença.

Como prevenir o rebanho da febre aftosa?

Formas de capitalizar a vacinação de novembro

Através da vacinação, que ocorre nos meses de maio a novembro na maioria dos Estados. Quando falamos na maior forma de prevenir essa doença, que é através da vacinação, precisamos nos atentar a alguns critérios.

As vacinas precisam ser conservadas em temperatura adequada, mantidas em caixa de gelo, as agulhas precisam ser esterilizadas e com calibre e tamanho adequado. É necessário haver a troca de agulha a cada 10 animais vacinados. Caso a pistola não esteja sendo usada, mantê-la na caixa com gelo. A aplicação da vacina deve ser feita via intramuscular ou subcutânea na tábua do pescoço do animal.

Então é muito importante que você produtor, se oriente quanto às questões das vacinas e prevenção de doenças que acometem o rebanho bovino, a fim de não prejudicar a sua produção. Com técnicas e manejos assertivos, conseguimos garantir que os animais, desde o nascimento, se mantenham saudáveis até completar seu ciclo produtivo.

Aproveite para conhecer e experimentar uma plataforma digital de gestão para pecuária de corte que vai auxiliar no gerenciamento da fazenda! TESTE GRATUITAMENTE a JetBov!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.